Postagens

Mostrando postagens de Março, 2010

Estatuto do Artesão

Estatuto do Artesão tem novo relator em comissão da Câmara
Deputado Roberto Santiago (PV/SP) foi designado relator do Estatuto do Artesão (PL 3926/2004), substituindo Hermes Parcianello (PMDB/PR)
O projeto de Lei 3926/2006, de autoria do deputado Eduardo Valverde (PT/RO), mais conhecido como Estatuto do Artesão, tem novo relator na Comissão do Trabalho, Administração e Serviço Público (CTAS) da Câmara dos Deputados. A matéria está em tramitação há cerca de seis anos e trata da regulamentação da profissão e do reconhecimento do artesanato como atividade econômica.
No último dia 18, o deputado Roberto Santiago (PV/SP) foi designado como o novo relator da matéria, que se encontra há mais de um ano na CTAS. Santiago será o terceiro relator nessa comissão, depois da deputada Elcione Ramalho (PMDB/PA) e do deputado Hermes Parcianello (PMDB/PR), que devolveu a matéria à presidência da CTAS, sem apresentar relatório. Ele havia sido designado relator em março de 2009.
A produção artesanal n…

Nós necessitamos de...

Imagem
Uma borracha, para apagar de nossa história tudo que nos desagrada;
Um sabonete, para retirar as marcas das máscaras que usamos no dia-a-dia;
Uma tesoura, para cortar tudo aquilo que nos impede de crescer;
Um pássaro, que nos ensine a voar alto e cantar com liberdade;
Um jarro, para conservar o carinho e amadurecer o amor;
Um frasco transparente, para conservar os sorrisos;
Sem tampa, para escutar o alegre som;
Lentes corretoras da visão da vida, que nos permitam enxergar, com amor, o próximo e a natureza;
Um esquilo, que nos mostre como galgar os ramos da árvore da sabedoria;
Agulhas grandes, para tecer sonhos e ilusões;
Um cofre, para guardar as lembranças construtivas e edificantes;
Um zíper, que permita abrir a mente quando se deseja encontrar as respostas, outro para fechar nossa boca quando for necessário, e outro para abrir nosso coração;
Um relógio, para mostrar que é sempre hora de amar;
Um rebobinador de filmes, para recordar os momentos felizes de nossas vidas;
Sapatos …

Felicidade

"Quando bate em nós aquela sensação de insegurança,
de medo do amanhã,
o melhor que temos a fazer
é nos lembrar da figura impagável de Dom Quixote,
magistralmente descrita por Cervantes,
e ver que, em realidade,
os medos e a insegurança que nos atormentam
são os mesmos moinhos de vento
que o cavaleiro da Triste Figura tinha de combater.
Com força e determinação bateremos
os nossos medos (moinhos de vento) no campo de batalha da vida.
Sinta o que você diz...Com carinho!
Diz o que você pensa...Com esperança!
Pense no que você faz...com fé!
Faça o que você deve fazer...com muito amor!


MAIS UMA VENDA!!!
Pela minha loja virtual.

To Feliz e Desejo o mesmo pra voce.

Felicidade a gente joga aos ventos para outros absorverem também.

Lindo dia!

ARTESANATO EM FIBRA DE BANANEIRA - FABRICAÇÃO DE PAPEL

Imagem
Local: Vinhedo, SP
Periodo: 01 a 05 março 2010



Curso "Artesanato em Sementes - Bijuteria

Imagem
Local: São José do Barreiro
Periodo: 24 A 26 Fevereiro de 2010

Quando a natureza mata

Imagem
"A natureza não mata apenas com enchentes, deslizamentos, terremotos e tsunamis. Mata também pelas mãos do homem, o que é bem mais preocupante"

Menina do interior, tive a natureza como presença enorme em torno da casa e por toda a pequena cidade: paisagem, abrigo, fascinação, surpresa, escola de permanência e também de transitoriedade. Mantive um laço estreito com esse universo, e quando posso durmo de janelas e cortinas abertas, para sentir a respiração do mundo. Porém, cedo também aprendi que a mãe natureza pode ser cruel. Granizo perfurando folhas e arrasando a horta, geada castigando flores, raios matando gente. De longe, ouvia falar em terremoto, quando o vasto mundo ainda era distante. Agora que o mundo ficou minúsculo, porque o Haiti arrasado, o Chile destruído e a Europa nevada estão ao alcance do meu dedo no computador ou no controle da televisão, a velha mãe se manifesta em estertores que podem ser apenas normais (o clima da Terra sempre mudou, às vezes radicalment…

Melhores momentos

Imagem
A melhor maneira de melhorar o padrão de vida está em:  melhorar o padrão de pensamento.

MOMENTO DE REFLEXÃO

Ás vezes corre-se tanto...
Trabalha-se tanto...
Cansamos e não saímos do lugar.
O que será que nos acontece?
Penso que esta na hora de parar e recomeçar do começo.
Vamos coragem!

Antes leia.


Buscando o autoconhecimento

Allan kardec codificador do Espiritismo perguntou aos espíritos: "Qual o meio prático mais eficaz que tem o homem de se melhorar nesta vida e de resistir à atração do mal”? Os Benfeitores da Humanidade responderam: "Um sábio da Antigüidade vo-lo disse: conhece-te a ti mesmo". A Doutrina Espírita nos mostra o caminho que devemos percorrer para conseguirmos esse intento: o autoconhecimento. A caminhada, portanto, é em sentido contrário ao que temos buscado até agora. É para dentro de nós mesmos, e não no exterior. Alguns de nós não nos conhecemos, não fazemos idéia de quem somos, de qual será o nosso comportamento diante de determinada situação. Enfim, somos um ilustre desconhecido de nós mesmos. Pelo desconhecimento dos nossos sentimentos, às vezes tomam…

Sandálias de sacolinhas plásticas

Imagem
Crochê é uma técnica comum. Crochê com sacolinhas de supermercado já impressiona um pouquinho. Mas uma sandália feita com sacolas plásticas em crochê é mesmo coisa de quem tem uma incrível imaginação! O que você verá a seguir é o passo a passo da técnica para desenvolver qualquer peça a partir do crochê com sacolas plásticas e o incrível resultado aplicado à confecção de sandálias. Já foi publicado no Setor Reciclagem um tutorial para transformar sacolas em fios (clique aqui para ver), mas a técnica abaixo é mais simples, o que não quer dizer que é fácil... Transforme um saco plástico em "fios" Essa técnica usa fios de dupla espessura, portanto, use uma agulha maior que o normal.
 Estenda a sacola
 Corte as alças e o fundo
 Dobre até formar uma faixa
 Corte em pedaços do tamanho que quiser o fio. Você vai formar anéis de plástico
  Coloque um anel sobre o outro
 Agora atenção! O anel de baixo (branco) passa por cima do azul e em seguida, por baixo dele mesmo. Preste atenção na…