Como o artesão pode ajudar na preservação do meio ambiente?

O artesão que preserva a matéria-prima que trabalha também agrega valor ao seu produto

Saiba como desenvolver melhores práticas para ser um produtor consciente e conviver em harmonia com o meio ambiente.

Vegetação

Se você trabalha com alguma forma de vegetação (madeiras, fibras ou flores nativas), certifique-se de que sua procedência seja de área com desmate ou manejo autorizado pelo órgão gestor da biodiversidade em sua região. Dê preferência a madeiras de florestas plantadas e não esqueça de colocar na etiqueta que sua matéria-prima tem licença ambiental.

Água

Se você utiliza água de poços, lagos ou rios, precisa regularizar sua atividade, solicitando consentimento de direito de uso da água.

Minerais

Os artesãos que extraem minerais de qualquer tipo, para uso em seu trabalho (areia, argila, pedras etc) devem, em primeiro lugar, solicitar regularização junto ao DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral).

Produção Limpa

Produção limpa significa trabalhar em um ambiente de produção que esteja em equilíbrio com o meio ambiente. Toda a produção é realizada com a preocupação de se adotar medidas eficazes na racionalização do uso de energia, água e matéria-prima. Os resíduos (sobras da matéria-prima do artesanato) gerados são mínimos e, quando possível, reciclados.

Reciclagem

Reciclagem é a repetição de um procedimento sobre um determinado produto/substância, com o objetivo de reaproveitar as propriedades do mesmo.

Benefícios da reciclagem

• Cada tonelada de papel reciclado evita o corte de 20 árvores;
• Cada tonelada de alumínio reciclado evita a extração de 5 toneladas de bauxita e o consumo de uma enormidade de energia elétrica, gasta para transformar bauxita em alumínio.
• Cada tonelada de plástico reciclado corresponde à produção de 20 mil novas garrafas, economizando energia e derivados de petróleo;
• Cada tonelada de vidro economiza 750 quilos de areia.

Dicas para o setor artesanal

• Evite gerar resíduos;
• Planeje cuidadosamente todas as etapas do processo de produção, evitando desperdícios;
• Reduza ou elimine o uso de matérias-primas perigosas, como tintas contendo pigmentos com metais pesados e solventes clorados;
• Utilize matéria-prima de melhor qualidade ou mais puras, a fim de evitar a introdução de contaminantes no processo;
• Utilize materiais reciclados, criando mercado para estes produtos;
• Desligue lâmpadas e equipamentos quando não estiverem em uso;
• Participe de cursos de capacitação ambiental
 
 
Fonte:
  • Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior
  • http://www.sebrae.com.br/setor/artesanato/sobre-artesanato/inovacao-e-tecnologia/meio-ambiente/integra_bia?ident_unico=12634

Postagens mais visitadas deste blog

Porta calcinha/cueca