'Bem-vindo...

 ... ao meu mundo calado...
Sinta-se em casa, pouse em meu coração.
Traga alegria que há muito já não o habita.
Venha desarmado, traga paz e acalanto.

Cante doce melodia qual rouxinol na minha janela.
Traga flores...As mais belas e perfumadas!
Pinte um quadro que traduza imensa harmonia...
Observe meu devaneio...Sinta o ar romântico que me rodeia...

Conceda-me uma dança e descubras pueril contentamento.
Convide-me a caminhar contigo...Dê-me tua mão.
Silencie as palavras e olha-me...Saberei o que dizes.
E caso a ternura neles eu venha encontrar,
Serás então meu amado...Eternamente bem-vindo.

Postagens mais visitadas deste blog

Porta calcinha/cueca