27 DE MAIO - DIA DO PROFISSIONAL LIBERAL


Profissionais liberais são aquelas pessoas que têm toda a liberdade para exercer sua profissão após concluir a graduação ou o curso técnico. Eles prestam serviços na sua área de trabalho, podendo constituir uma empresa individual – o que implica fazer um contrato social registrado em cartório de registro civil de pessoas jurídicas. Mas os profissionais liberais também podem ser empregados de outras empresas, que optam por contratá-los como prestadores de serviços.

A classe desses profissionais é composta por médicos, dentistas, advogados, psicólogos, fisioterapeutas, jornalistas, arquitetos, entre outros. Ou seja, eles têm conhecimento específico da área, possuem formação universitária ou técnica e estão registrados de acordo com as leis trabalhistas. Isso os difere dos profissionais autônomos, que trabalham por conta própria e não têm vínculo empregatício, caso de encanadores, eletricistas, pintores etc. 

Uma das principais vantagens de se tornar um profissional liberal é poder atuar na área de formação sem depender das vagas disponíveis no mercado de trabalho. Assim, mesmo tendo que cumprir prazos com os clientes, ele pode estipular seus horários, tendo mais flexibilidade para montar sua agenda. 

Os impostos, porém, são um ponto de desvantagem: como não são divididos com o patrão, incidem totalmente sobre o profissional, que também precisa arcar com seus próprios benefícios, como férias, plano de saúde e FGTS. Além disso, o profissional liberal também não conta com uma quantia fixa de ganho mensal – o que pode não ser ruim, pois dependendo da produtividade, pode fazer com que ele ganhe mais do que se estivesse trabalhando com carteira assinada.

Postagens mais visitadas deste blog

Porta calcinha/cueca