Carta de Amor.

Filhos e netos, Deus abençoe cada um de vocês.

O meu maior sonho sempre foi ser mãe e ter uma família grande. Ouvir muitas gargalhadas e estar sempre com vocês, mas as nossas necessidades foram se tornando outras e acabamos nos distanciando fisicamente.

Estou sempre tentando acertar e vê-los sempre felizes e unidos, mas observo que a distancia física esta me causando uma saudade enorme de todos e por isto, venho propor o seguinte: vamos continuar respeitando as necessidades e limites de cada um, mas também, vamos nos esforçar para estar juntos, mais vezes.

Ao ler o provérbio aborígene, “Somos todos visitantes deste tempo, deste lugar. Estamos só de passagem. O nosso objetivo é observar, crescer, amar. E depois vamos para casa.”, senti que esta na hora de agir, pois não temos o dom para descobrir quando será este retorno.

Desejo que o ano de 2016 seja de muitos reparos, acertos e consertos; que todos nós venhamos aprender que felicidade não esta no ato de comprar, mas sim, no ato de conservar e poupar, pois dias difíceis virão, tanto financeiramente como espiritualmente. Vamos aprender a buscar mais a Deus e aprender que fé vem do coração.

Filhos e netos, esta é a forma de demonstrar o quanto os amo e que quero acertar.

Desejo que o Novo Ano que se anuncia não seja como o outono da vida, onde as folhas caem, deixando apenas lembranças de dias bons e ruins.

Desejo, sim, que seja como a primavera da vida, que produz frutos e dos frutos saia as sementes; que podem ser plantadas a cada dia e colhidas a cada amanhecer.(esoterikha)

Vamos aprender a conversar mais e assim compreender mais um ao outro, o mundo virtual é bom, mas o toque é o que há de melhor.Feliz 2016, com muito amor e com uma nova cara.

Bjs e um abraço bem apertado.

Postagens mais visitadas deste blog

Porta calcinha/cueca