Calcei em mim... como luva...


As palavras já não saem
E as lágrimas também
Já não caem.
Não sei se o que se passa
Se a vida ainda me abraça
Ou se eu já morri.
Sei que já não sou,
Que não me reconheço
Nem tão pouco me pareço
Com a outra, que era eu
E que para mim morreu.
Tenho saudades de mim
Onde a vida corria sem fim
E a força das emoções
Soltava em jorradas
Gargalhadas,
Lágrimas e palavras
Em mil sensações.


Tenho mesmo saudades de mim...


Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=28478#ixzz1a6EJuGfN

Postagens mais visitadas deste blog

Porta calcinha/cueca